Uma série de quatro encontros virtuais debate a acessibilidade nas políticas públicas, artes visuais, artes cênicas, audiovisual e tecnologia. A abertura de cada evento traz sempre um artista PcD. Em setembro, Cauê Gouveia e Catharine Moreira, do Slam do Corpo, mostram seu trabalho na batalha de poesias com surdos e ouvintes.

Acessibilidade é questão de extrema importância em todas as camadas da sociedade, e na cultura não é diferente. Para refletir sobre o assunto, o Aliança Francesa de São Paulo e o Cultura e Mercado realizam o evento Acessibilidade, Cultura e Arte com curadoria de João Kulcsár. Essa é uma série de quatro encontros no canal  de Youtube do Cultura e Mercado que vai debater questões sobre acessibilidade nos campos da arte envolvendo ações e instituições culturais, legislações empregadas, entre outros temas.

A programação foi dividida em Política Pública e Acessibilidade (dia 15 de setembro, terça-feira); Acessibilidade Nas Artes Visuais (dia 14 de outubro, quarta-feira); Acessibilidade Nas Artes Cênicas (dia 11 de novembro, quarta-feira); Acessibilidade no Audiovisual e Tecnologias (dia, 9 de dezembro, quarta-feira). As lives acontecem sempre às 17h.

A primeira mesa de discussão é composta por Cid Torquato (Secretário municipal da pessoa com deficiência de São Paulo); Octávio Weber Neto (representante da Gerência de Educação para a Sustentabilidade e Cidadania, do Sesc-SP); e Valéria Toloi (gestora de educação do Itaú Cultural). A mediação é do curador João Kulcsár, que trabalha com projetos, oficinas, formação de equipe de museus e consultoria de acessibilidade.

Para abrir cada encontro, artistas PcD (Pessoa com Deficiência) serão convidados para mostrarem brevemente seu trabalho. Em setembro, Cauê Gouveia e Catharine Moreira, do Slam do Corpo, mostram seus poemas que vêm sendo feitos desde 2016. Eles criaram a primeira batalha de poesias no Brasil com surdos e ouvintes, onde o poeta surdo e o poeta ouvinte se encontram para uma performance que acaba com qualquer estereótipo e limitação do gênero na poesia.

Os eventos contarão com tradução simultânea (Libras) e permitirão participação com perguntas do público pelo chat do Youtube, bem como será disponibilizado um link whatsapp para quem desejar enviar as questões por lá. Este último recurso tem o objetivo de facilitar a participação de alguns PcD que preferem envio de mensagem de voz, por exemplo.

 


editor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *