O Secretário Municipal de Cultura de São Paulo, Alê Youssef, pediu demissão nessa quarta-feira (25). Somadas as duas passagens pela secretaria – entre janeiro e março de 2020 e janeiro a agosto de 2021, Alê ocupou o cargo por quase dois anos. Ele deixará a pasta em definitivo no final de agosto, dando tempo para que o prefeito Ricardo Nunes escolha quem o substituirá.

Em sua carta de despedida, Youssef citou incompatibilidades ideológicas e dificuldades orçamentárias com o prefeito como motivos para sua decisão. Havia uma disputa a respeito do orçamento da cultura para 2022. Nunes defende a redução do percentual destinado à pasta.

O prefeito se diz surpreso com a decisão de Youssef. Ele afirmou que aprova o trabalho realizado pelo secretário e que apoiou todas as suas ações à frente da pasta.

Acompanhando a decisão do secretário, a diretora da Biblioteca Mário de Andrade, Joselia Aguiar, decidiu entregar o cargo.


editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.