Na noite desta segunda (3) o Secretário Nacional de Fomento e Incentivo à Cultura, André Porciúncula, participou de uma live destinada a artistas cristãos. A live foi promovida pelo pastor e produtor musical Wesley Ros e pelo produtor de eventos Doninha.

Na divulgação do evento, a chamada dizia: “Saiba tudo sobre como utilizar a lei de incentivo à cultura em vários projetos artísticos.”

O pastor Wesley Ros se mostrou preocupado em deixar claro que a ideia não era “monopolizar recursos para a arte cristã”, mas fazer os representantes do segmento aprenderem a usar a Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Entre suas falas, o secretário afirmou que “Dizer que não podemos investir porque o estado é laico é uma besteira. Há uma confusão conceitual jurídica. Marginalizar o cristianismo porque o estado é laico é má-fé”. Para ele, “há uma aversão aos valores cristãos nos departamentos de marketing das empresas”.

Leia a matéria completa clicando aqui.


editor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *