Foram anunciados nesta terça-feira (11/12), em São Paulo, os selecionados na segunda fase dos editais Natura Musical 2012. São 24 projetos, sendo 11 nacionais e 13 regionais, destinados a apoiar iniciativas na Bahia e no Pará.

Os três selecionados na primeira fase do Edital Nacional, Ney Matogrosso, Lurdez da Luz e Grupo Uirapuru foram divulgados em outubro de 2012. Agora, a Natura selecionou projetos de Hamilton de Holanda, que revive a obra de Pixinguinha, contando uma história consagrada, e os projetos Na Eira, do coletivo Ponto BR, Caravana Pantanais e Música das Cachoeiras, que contam histórias menos conhecidas, escondidas em diferentes regiões do país.

Outro bloco de escolha da segunda fase buscou consolidar projetos de artistas da cena musical contemporânea nacional. Marcelo Jeneci, DJ Dolores, Siba, e a Abayomi Afrobeat Orquestra terão CDs gravados com o apoio do Natura Musical, além de shows para circulação da obra.

Na Bahia, foram escolhidos projetos inovadores, de artistas promissores da cena mais alternativa, sem abandonar o investimento na música tradicional, renovando o apoio a Márcia Castro e a aposta em Russo Passapusso, Marcela Bellas, no grupo Ilê-Ayê e para fechar a lista, o festival de documentários musicais IN-Edit Bahia.

Já no Pará, o resgate às tradições culturais locais também foi ressaltado, além da efervescência cultural da nova cena do estado, representado pelo lançamento dos CDs de Natalia Matos, Camila Honda, Felipe Cordeiro e Juliana Sinimbú. Foram selecionados ainda o grupo CaBloco Muderno, Sebastião Tapajós, Mestre Solano e Ronaldo Silva.

Mais informações estão disponíveis no site www.naturamusical.com.br.

*Com informações da Folha Online e do site do programa Natura Musical


editor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *