O II Seminário #Procultura foi realizado no dia 17 de agosto de 2013 pelo Cemec e pelo Cultura e Mercado  no Novotel Jaraguá, em São Paulo. Parte da programação foi composta por um aquário – espaço para propostas e ideias para a Lei Rouanet e para o Procultura.

Suelen Moreira é representante da Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR) e responsável pelo grupo temático de cultura na associação. Ela conta que debateu os problemas e soluções do Procultura com o grupo e trouxe como pontos positivos o aumento do percentual de dedução de pessoa física, a valorização dos produtores independentes e a possibilidade de 100% da dedução para todos os segmentos da cultura. E dos pontos negativos – a restrição da dedução integral ao atingimento dos 16 pontos, a impossibilidade de dedução para empresas de lucros presumidos e a falta de corresponsabilidade do Estado na desconcentração dos recursos.

Veja sua colocação completa no vídeo abaixo:


editor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *